19 °C São Paulo, BR
28 de novembro de 2020

El Salvador – Uma viagem dos sonhos

El Salvador é um destino famoso para surf trips, fica relativamente perto, possui ondas de qualidade e água quente. Leia esse relato de um dos ídolos do surf nacional, Rico de Souza.

Gosto muito de ir a El Salvador, na América Central, pelo fato de ser uma viagem relativamente curta e de ter muitas opções de ondas. Gosto de ir com certa frequência para este local maravilhoso, onde já fiz muitos amigos e conheço a rapaziada local.

Durante as Olimpíadas surgiu uma oportunidade de viajar e não pensei duas vezes, dropei nessa trip. Nessa viagem me acompanharam vários amigos: Thiago Bernardes, Constantino Bittencourt, Eric Fonseca, Luiz Pedroso e meu filho Patrick.

Eu em Sunzal. Foto: Johnatan.
Eu em Sunzal. Foto: Johnatan.

Foi demais, tivemos muita sorte, pois no dia que chegamos o mar começou a subir. Chegamos em Sunzal e o mar ficou com 2m, séries maiores. Sunzal é uma direita super longa, fácil de surfar e muito divertida, com um canal que facilita muito, mesmo com o mar grande.

Eric Fonseca. Foto: Johnatan.
Eric Fonseca. Foto: Johnatan.

Este swell foi fantástico, inúmeros picos quebraram com tamanho e muita qualidade. Meu amigo Serginho surfou neste mesmo dia a direita de Punta Rocas e me disse que estava incrível, onda grande e com qualidade internacional, crowd intenso, muitas pedras, mas realmente muito bom, fantástico!

Serginho em Punta Roca. Foto: Samuel Gonzalez.
Serginho em Punta Roca. Foto: Samuel Gonzalez.

Durante os primeiros quatro dias surfamos muito, duas ou três caídas por dia, já ficamos felizes e de cabeça feita. O mar foi baixando, mas manteve o tamanho de 1m a 1,5m e fomos procurar novos picos.

Luiz Pedroso em Sunzal. Foto: Johnatan.
Luiz Pedroso em Sunzal. Foto: Johnatan.

Surfamos El Zonte, Km 59 e também Punta Roca. Surfei e me diverti muito com meu filho Patrick que surfou muito bem, assim como meus amigos que droparam todas.

Patrick de Souza no Km59. Foto: Johnatan.
Patrick de Souza no Km59. Foto: Johnatan.

A noite estávamos todos quebrados de tanto surf, dormíamos bem cedo todos os dias e acordávamos antes de clarear para surfar. Nos dias menores fomos dar um passeio no vulcão e depois almoçamos numa churrascaria. Foi muito agradável viajar com meus amigos, alguns eram do Rio e outros de São Paulo. Todos adoraram a surf trip.

Constantino Bittencourt em Sunzal. Foto: Johnatan.
Constantino Bittencourt em Sunzal. Foto: Johnatan.

Ficamos hospedados no melhor Hotel da região: Casa de Mar, que tem uma ótima localização, bem em frente ao pico de Sunzal.

Para mais informações: info@casademarhotel.com; fale com o gerente David. Não é necessário alugar um carro em El Salvador. Recomendo o fotógrafo Johnatan como guia de surf para te levar para outros picos. Para fazer contato: litoraltrips@gmail.com.

Rico de Souza e Alfonso, proprietário do Hotel Casa de Mar. Foto: Ricosurf.
Rico de Souza e Alfonso, proprietário do Hotel Casa de Mar. Foto: Ricosurf.

O proprietário do Hotel em El Salvador é meu amigo há muitos anos e nos recebeu muito bem. Tive o prazer de fazer duas pranchas para ele e outra para seu primo. Eles aproveitaram o swell, testaram as pranchas e gostaram muito.

Fomos convidados para ir a sua casa e almoçar com sua família, foi muito especial, todos nós nos sentimos em casa.

Rodrigo Servi em Sunzal. Foto: Johnatan.
Rodrigo Servi em Sunzal. Foto: Johnatan.

Além disso, no Hotel eu tive a oportunidade de conhecer o Pedro e seu filho Rodrigo Servi. A companhia deles foi muito agradável e pegamos altas ondas juntos.

Pedro Cervi em Sunzal. Foto: Johnatan.
Pedro Cervi em Sunzal. Foto: Johnatan.

Quem nunca foi a El Salvador, recomendo como um bom local para um surf trip. A melhor época de surf é de março a novembro. Quer se divertir muito? Basta respeitar a rapaziada local e pegar as suas ondas.

Nossa viagem foi fantástica, obrigado pela companhia dos meus amigos e do meu filho Patrick. Foi uma viagem dos sonhos!

Veja a GALERIA DE FOTOS.

Aloha e boas ondas,

Rico de Souza.

Artigos de interesse

Machu Picchu

Peru reabre Machu Picchu por um dia

Peru reabre Machu Picchu por um dia, para único turista japonês que esperou 7 meses para entrar
Jesse Takayama chegou ao país em março, bem no começo da pandemia, e decidiu ficar até ter a chance de conhecer a lendária cidade inca. Moradores da região o apelidaram “o último turista de Macchu Picchu”